(86) 3131-1234
*

NOTíCIAS

Programa Posto Cinco Estrelas fortalece práticas corretas de descarte de lixo hospitalar

O objetivo é garantir a segurança de pacientes, colaboradores e a proteção ao meio ambiente.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 04 de janeiro de 2019
Equipe do Sesmt da Med Imagem empenhada no correto descarte do lixo

Pensando na segurança do paciente, de colaboradores e na proteção ao meio ambiente, o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho da Med Imagem (Sesmt) está promovendo o fortalecimento das práticas corretas de separação e descarte do lixo hospitalar nas unidades do grupo Med Imagem por meio do Programa Posto Cinco Estrelas. 

De acordo com a gerente de Capital Humano do grupo, Milene Bitu, serão realizadas vistorias diárias em todos os postos de atendimento ao cliente com o objetivo de acompanhar a aplicação das normas corretas de descarte de resíduos.  

“O programa Posto Cinco Estrelas pretende estimular ainda mais as práticas corretas de descarte do lixo determinadas pelos órgãos reguladores de saúde do país e já implantadas na Med Imagem. O objetivo é fortalecer as rotinas já instaladas como forma de garantir a segurança do nosso cliente e do colaborador”, afirmou a gerente.

Milene explicou também que o descarte e armazenamento são repassados em treinamentos continuados, quando são apresentadas as orientações sobre a forma adequada de descartar o lixo comum (papel, papel toalha,copos) e o lixo intectante (luvas, equipos, seringas, etc). 

Posto Cinco Estrelas

A técnica em segurança do trabalho Talita Mendes, integrante da equipe que realizará as vistorias, explicou que os postos que se destacarem na execução do descarte correto receberão uma placa de reconhecimento.  

“Durante as fiscalizações diárias iremos averiguar quais postos de atendimento estão executando melhor as normas de segurança do trabalho referentes ao lixo produzido em suas dependências. A cada vistoria será atribuída uma pontuação negativa ou positiva. Os postos que alcançarem a maior pontuação receberão uma placa de reconhecimento”, disse Talita.

Ela esclareceu também que um hospital produz pelo menos cinco tipos de lixo - o lixo comum, o infectante, o químico, o reciclável e o perfurocortante - e que cada um deles têm uma forma correta de descarte, armazenamento e coleta. 

A técnica afirmou ainda que o descarte incorreto tem impacto direto no meio ambiente. "Enquanto o lixo comum vai para o aterro sanitário, o lixo infectante é queimado. Quando não se faz a separação adequada dos resíduos, o aterro pode receber o lixo que deveria ser queimado. Isso compromete o meio ambiente e, consequentemente, a saúde da população", adverte.

Identificação correta

Para garantir a segurança de seus profissionais e clientes, a Med Imagem segue rigorosamente a Resolução RDC nº 306 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A identificação correta dos depósitos de lixo são uma das normativas adotadas. As lixeiras são identificadas com adesivos constando o nome e o símbolo (visíveis) de cada tipo de lixo a ser descartado.

"Em todos os nossos postos estão disponíveis lixeiras com a identificação para o lixo comum e o infectante. No caso dos materiais perfurocortantes, como agulhas e seringas, o descarte é feito em depósitos de papelão padronizados. Também há uma lixeira específica para o descarte de ampolas e recipientes de medicamentos, tudo dentro das normas da Anvisa", confirmou a técnica Talita Mendes.

C.S. 

 

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*