(86) 3131-1234
****

NOTíCIAS

Aprenda a identificar o açúcar nos alimentos

A escolha do que colocamos na nossa mesa ajuda a prevenir doenças e preservar a saúde em geral.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 23 de abril de 2020

Ler os rótulos dos alimentos é uma forma de escolher quais produtos comprar. Imagem: iStock

Não precisa correr dele, ou melhor, não precisa ter medo e nem excluir por completo o açúcar da sua vida. O importante é saber identificar em quais alimentos e bebidas ele está mais concentrado. Evitar o excesso e, em certos casos, ter um controle maior sobre a sua ingestão, é a melhor forma de preservar a saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o açúcar deve corresponder a apenas 10% das calorias consumidas diariamente. Considerando uma dieta de 2.000 calorias, essa taxa equivale a 50 gramas de açúcar por dia (cerca de dez colheres de chá). Mas a orientação pode ser de um consumo ainda menor.

"Especialistas já recomendam como forma preventiva de doenças como diabetes, uma redução dessa porcentagem para 5% (25 gramas ou 5 colheres de chá). Essa recomendação abrange tanto os açúcares adicionados pelas indústrias em alimentos como biscoitos ou chatchup, quanto aqueles adicionados no ato de cozinhar ou consumidos juntamente com um café ou suco, por exemplo”, afirma a nutricionista Germana Costa, do Medplan.

Ela alerta ainda que como é difícil percebemos a quantidade de açúcar contida nos alimentos apenas pelo paladar, ou seja, como no caso do pão francês, é importante se habituar a ler os rótulos. Principalmente em alimentos processados e ultraprocessados.

“O açúcar pode ser encontrado nos ingredientes contidos nos rótulos dos alimentos com outros nomes e sinônimos. Isso pode causar alguma confusão no momento de escolher um produto, mas a dica que deixo é: leia com atenção os ingredientes e, pouco a pouco, você vai identificar quais alimentos apresentam mais açúcar e optar por outro”, orienta a nutricionista.

Ainda segundo Germana Costa, uma das consequências de ter mais atenção com o que consumimos é recuperar o sabor original dos alimentos. “Estamos muito acostumados com sabores artificiais, cheios de açúcar, que tal sentir o verdadeiro sabor dos alimentos? Acredito que vale a pena tentar, tanto para preservar a nossa saúde como para recuperar o sabor original do que ingerimos”, finalizou Germana.

Vamos tentar e experimentar?

Confira lista com alguns nomes que o açúcar é chamado na indústria de alimentos:

Glicose
Frutose
Sacarose
Açúcar
Açúcar mascavo
Açúcar do coco
Açúcar cristal
Glicose de milho
Açúcar invertido
Açúcar de confeiteiro
Néctar
Xarope de malte
Extrato de malte
Xarope de milho
Xarope de milho com alta concentração de frutose
Açúcar bruto
Açúcar líquido
Melaço
Caldo de cana
Dextrose
Maltose
Açúcar orgânico
Xarope de Agáve
Xarope de açúcar
Calda de açúcar

Catarina Santiago

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*