(86) 3131-1234
****

DICAS DE LIVRO

Quer um livro diferente e divertido, leia Terreiro de Fazenda

Se você é um daqueles que gosta de ler, já deve ter passado pela experiência de pegar um livro e terminá-lo tão rápido que nem viu o tempo passar. Isso já aconteceu comigo e garanto que pode acontecer com você ao ler Terreiro de Fazenda

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 19 de maio de 2009

Se você é um daqueles que gosta de ler, já deve ter passado pela experiência de pegar um livro e terminá-lo tão rápido que nem viu o tempo passar. Isso já aconteceu comigo lendo algumas obras de Jô Soares e garanto que pode acontecer com você ao ler Terreiro de Fazenda: desafio e emboladas, ligeiras, travalínguas, parlendas, pilhérias, advinhações, quebra-cabeça e problemas e cantigas de brincadeiras-de-roda.

O livro é de autoria de Fontes Ibiapina, piauiense que foi juiz e jornalista, mas ficou conhecido pela sua produção literária. Terreiro de Fazenda é uma das 14 obras prontas que Ibiapina deixou após sua morte em 1986. A linguagem é tipicamente nordestina e de palavras bem populares. Ao longo do livro os leitores podem contemplar suas rimas e jogos de palavras.

A obra é composta de situações sertanejas em formatos bem variados com textos curtos e desenvolvidos em formatos de emboladas, quebra-cabeças, trava língua e outros. Essa dinâmica do texto faz com que a leitura flua bem no decorrer das páginas. Aliado a isso está a forma divertida com que o autor brinca com as palavras.

Todo este conjunto já é tido como uma característica de Fontes Ibiapina que possui boa parte de suas obras com temas nordestinos, entre elas Palha de Arroz, que já foi utilizado em vestibulares de universidades piauienses.

Terreiro de Fazenda foi editado em Brasília por Ronaldo Mouzinho e publicado pela Gráfica Grafor, em 2002. Em Teresina, ele pode ser encontrado na Livraria Nova Aliança.

Livraria Nova Aliança
Rua Olavo Bilac, 1259, Centro, próximo ao ginásio do Diocesano
Telefones: 3221-6793 / 3222-8399
Horário de Funcionamento:
Seg à Sex ? das 6:30h às 19h. Aos sábados das 6:30h às 13h



Allisson Bacelar
19.05.09

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*