(86) 3131-1234
*

ARTIGOS

Como conversar com as crianças sobre o coronavírus

A psicóloga Natália Vidal, do Programa Mais por Você do Medplan, traz orientações importantes sobre melhor abordagem com os pequenos.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 26 de março de 2020

Imagem: iStock. Crédito: lovro77

Como o coronavírus é uma doença nova, aparecem milhares de perguntas a todo instante. Se é difícil para os adultos entenderem imagina para as crianças. Eles podem ficar confusos afinal pararam de frequentar a escola e estão tendo que ficar de quarentena em casa.  Para contornar a situação, o melhor mesmo é conversar sobre o assunto e nunca mentir.

Para tanto, os pais podem utilizar recursos lúdicos como brincadeiras e analogias. As atividades devem ter uma linguagem mais fácil de ser entendida, mas lembrando que mentiras não podem ser contadas. Uma brincadeira divertida e que pode ilustrar bem o momento, é utilizar bonecos para simbolizar que cada um tem sua missão de ajudar a combater o vírus, se protegendo e cuidando uns dos outros.

Livros e desenhos também são ótimas ferramentas que ajudam a esclarecer de forma lúdica sobre o assunto.

Independente da atividade, a explicação sobre o coronavírus precisa ser básica, clara e respeitando o nível de entendimento da criança. Importante é fazer com que a criança tire suas próprias conclusões dentro do contexto da brincadeira para ser orientado posteriormente.

O principal é responder às dúvidas dos pequenos com tranquilidade e saber dosar a informação que se está passando. Tudo com muita verdade, mas usando o bom senso.

Natália Vidal - Psicóloga do Programa Mais por Você do Medplan
Edição: C.S. 

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*