(86) 3131-1234
****

ARTIGOS

Bem-vindo ao mundo de Matrix

Você não sente‚ mas já estamos vivendo em um mundo bem MATRIX ! Frágeis‚ isolados e carentes‚ vagueamos solitários-juntos pelas teias da web. Yahooo‚ portanto aperte o cinto‚ e vamos viajar …

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 30 de setembro de 2004

Caro amigo‚

Você não sente‚ mas já estamos vivendo em um mundo bem MATRIX ! Frágeis‚ isolados e carentes‚ vagueamos solitários-juntos pelas teias da web. Yahooo‚ portanto aperte o cinto‚ e vamos viajar …

Prússia? Frederico‚ o Grande (1712 – 1786)? Você já ouviu falar deles? Pois bem‚ a Prússia era a maior potência militar do mundo e Frederico – não esqueça‚ o Grande – o genial estrategista daquele império. Foi tão brilhante‚ o cara‚ que durante os vinte anos seguintes à sua morte o invencível exército prussiano conservou‚ imutável‚ a sua bem-sucedida estrutura militar‚ ao invés de adaptar-se às mudanças ocorridas na arte de guerra.

Se os generais de Frederico houvessem questionado sua “santificada”doutrina militar‚ não teriam sido massacrados por Napoleão em 1806‚ na famosa batalha de Iena. Depois dela nunca mais se ouviu falar da Prússia‚ nem de Frederico‚ o Grande.

Faltaram conexões‚ aos prussianos !

Fazer conexões é‚ pois‚ desde sempre e cada vez mais‚ essencial à vida. É a base das criações‚ da comunicação‚ do humor‚ do trabalho inteligente‚ do sucesso nos negócios. Toda arte‚ em qualquer ofício‚ implica ver conexões‚ ou fazê-las. Nada pode ser aprendido sem conexão: “somos todos anjos de uma asa só – só podemos voar abraçados um ao outro”‚ já disse um poeta bem “wired”.

Para criar nosso futuro precisamos‚ continuamente‚ da matéria-prima‚ do combustível com o qual o futuro é feito: informações‚ experiências‚ impressões‚ sentimentos. E este material não é mais encontrado nos lugares de outrora – nas escolas‚ nas igrejas‚ nos livros de auto-ajuda. Agora‚ só encontraremos algo de original se nos aventurarmos por caminhos diferentes‚ aleatórios; pesquisando uma coisa e encontrando outra pelo caminho‚ por entre montanhas de detritos atirados ao acaso‚ no coração do novo pensamento criativo – o caos (uau‚ puro MATRIX !).

Assim‚ e por isso‚ amigo‚ aqui estamos nós‚ lançando nosso barco ao mar‚ mergulhando nosso site na www; neste caminho sem volta. Na esperança de aprendermos algumas coisas ( e quem sabe‚ ensinarmos outras)‚ enquanto sobrevivemos‚ e nos divertimos um pouco.

Vazou‚ irmão.
Um abraço‚
[email protected]

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*