(86) 3131-1234
***

VIDA LEGAL

Praticar exercícios à noite requer cuidados como alimentos leves

O exercício à noite é uma boa opção para a falta de tempo, mas pode causar prejuízos para o sono com a aceleração do metabolismo na hora de dormir.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 29 de dezembro de 2010

Quem vive correndo na maratona do dia a dia, muitas vezes só encontra tempo para se exercitar à noite. Você é um desses atletas? Então, preste atenção às recomendações dos especialistas. Noite não tem nada a ver com descanso para uma turma. ?O exercício à noite faz com que você consiga dormir melhor e é a única hora que eu tenho?, comenta Dulcina Palhano. ?É o único horário livre e a gente acaba tendo de encaixar?, diz a estudante Clara Veras.

E quando o tempo livre é preenchido com exercício ao ar livre? ?A gente não tem sol. Mas tem a Lua a favor da gente. A gente pedala muito mais e não tem aquela fadiga por conta do clima?, destaca a enfermeira Alba Carvalho.

Muitos dos ciclistas noturnos fazem essas pedaladas de duas horas logo depois de sair do trabalho. É o caso, por exemplo, da Ana Carmem. ?Saí do trabalho faz pouquinho tempo, tenho 15 minutos e eu estou aqui, firme e forte. Isso não desgasta mais. Pelo contrário: eu posso estar cansada do trabalho, mas a corrida me renova?, explica.

Mas praticar exercício em um horário em que o corpo está preparado para o sono requer cuidados: ?As pessoas que treinam vão precisar de um pouco mais de tempo entre o final do treino e a hora de dormir, porque como o metabolismo vai ficar acelerado, se eles forem dormir pouco tempo depois do treino vão encontrar alguma dificuldade?, orienta o instrutor Rossman Cavalcante.

?Você começa a dormir menos. Além de ficar mais cansado para rotina do dia a dia, você ainda vai ficar mais cansado para o exercício e está mais sujeito a uma situação chamada ?overtraining?, que é quando o exercício começa a fazer mal em vez de fazer bem?, alerta o médico do esporte Marcos Strozberg.

Se não houver exageros nos exercícios, basta manter um intervalo de, pelo menos, duas horas antes do sono e repor as energias gastas com alimentos leves. No dia seguinte, vai sentir os benefícios da malhação noturna. ?É relaxar do seu dia a dia, das suas preocupações, dos seus afazeres e à noite dar aquela relaxada no esporte. Ajuda bastante?, conta a cinegrafista Vivian Collins.

 

Fonte: Bom Dia Brasil
Edição: F.C.
29.12.2010

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*