MedZap
(86) 3131-1234
***

VIDA LEGAL

Como prevenir lesões musculares secundárias à prática de exercícios físicos?

Pratique sempre o alongamento.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 10 de fevereiro de 2010

O alongamento é obrigatório antes de iniciar qualquer sessão de exercícios. O tempo mínimo de prática deverá ser de 10 até 15 minutos.O alongamento permite um aquecimento da musculatura, através de um maior aporte de sangue para os músculos, preparando o sistema musculoesquelético  para o exercício a ser realizado.

O alongamento realizado de forma correta e sistemática, diminui a dor, tonifica os músculos, aumentando também  a sua  resistência. É   preciso  alongar   todos   os    grupos musculares e não apenas aqueles que serão mais exigidos durante a sessão específica do exercício. Veja abaixo como praticar o alongamento dos diversos grupos musculares.


Pratique sempre atividades aeróbicas 

Atividades aeróbicas são movimentos repetitivos que utilizam os grandes grupos musculares. Este tipo de exercício gera um estresse aos sistemas cardiovascular e respiratório. Tal fato acarreta o aparecimento de respostas adaptativas positivas do corpo, ao longo de várias semanas. Exemplos: caminhar, correr, dançar, nadar, pedalar ou praticar artes marciais, como o boxe ou o judô.

O tempo de prática deverá ser no mínimo 40 minutos, na maioria dos dias da semana.O ideal é totalizar pelo menos 150 minutos de atividades aeróbicas por semana. Estas atividades  proporcionam um ganho de força muscular e diminuem a possibilidade de dores musculares. 

Procure ingerir adequadamente frutas e líquidos 

A ingestão de frutas e água, uma hora antes da sessão de exercícios, deverá sempre preceder esta prática.Tal hábito proporciona um ganho de energia e uma diminuição da fadiga muscular.

Uma nutrição adequada consegue  recuperar o organismo do esforço físico dispendido de uma forma muito mais rápida.

A falta de nutrientes como o potássio (presente na banana ou no suco de laranja, por exemplo) é uma das causas mais comuns da fadiga e da cãimbra. O consumo de bebidas isotônicas não deve ser generalizado, pois poderá acarretar alguns riscos na presença de certas doenças. 

 

Fonte: queroviverbemcom.br 
Edição: F.C.
10.02.2010

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*