(86) 3131-1234

RETRATO 3X4 DE UMA PESSOA 100X100

Aurélio Mello: personalidade com essência musical

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 05 de agosto de 2005

Ele está com 51 anos e é uma referência quando o assunto é música. Na Harmonia de muitos CDs de músicos locais, lá está o trabalho dele. Formação de músicos, ele é o responsável. Criação de muitos dos corais da cidade, lá está o dedo dele mais uma vez. E se o assunto é regência, com certeza o nome dele também é lembrado. Estamos falando de Aurélio Mello, uma personalidade em perfeita harmonia com a música e que dela faz sua vida.

Em uma pequena pausa do ensaio da Orquestra Filarmônica do Piauí para as festividades do aniversário de Teresina, no próximo dia 16 de agosto, o músico concedeu entrevista para o site Medplan e relembrou um pouco da sua trajetória e de trabalhos já realizados, como o que fez com o extinto grupo Candeia, que resultou em frutos como a música ?Teresina?, que de tanto ser lembrada é o hino ?informal? de nossa capital. Um outro bom fruto do trabalho de Aurélio é o famoso  Ensaio Vocal , grupo musical que já gravou vários CDs e realizou shows na Europa, uma verdadeira referência para muitos que vieram após ele.

Para chegar ao patamar de respeito e reconhecimento que Aurélio Mello tem hoje, ele disse que uma coisa foi fundamental: a dedicação à música. O músico fala que recebeu uma formação "complicada", porque quase não consegue terminar o antigo segundo grau. ?Foi nessa época que despertei para a música. E aí veio o grande dilema de minha vida. O curso de nível superior que tinha aqui não era para ser músico, mas Educação Artística voltada para licenciatura. E não era isso que eu queria. Foi aí QUE comecei a ir atrás dos mais diversos cursos de música pelo país e foi o que me possibilitou trabalhar com harmonia e regência, que é o meu foco hoje?, frisou.

Site Medplan: Aurélio, você além de ser reconhecido pelo seu trabalho como músico é também referência por ter um visual próprio. De onde vem esse gosto por usar seu já famoso boné?

Aurélio Mello- Isso começou quando eu tinha uns 19 anos. Comecei a usar para me proteger do sol. Eu botava para ir à escola e quando chegava lá tirava. Um dia eu esqueci e aí as pessoas começaram a perguntar. Eu gostei e me habituei, então comecei a comprar uns mais bonitos e diferentes, uso até hoje e virou marca pessoal. É tanto que ganho muito de presente, tanto chapéus quanto suspensórios. Nesse ponto sou vaidoso também, gosto de harmonizar o visual, como faço com música.

Site Medplan- O que representa a música em sua vida?

Aurélio Mello- Tudo..(risos)..tudo que tenho devo à música. Considero-me uma pessoa realizada, por estar vivendo de uma opção que fiz. Sou reconhecido aqui, isso me faz não te vontade de ir embora.

Site Medplan- Então dá para viver só de música no Piauí?

Aurélio Mello- Eu vivo, mas não são todos os músicos que conseguem, sobretudo se for o tipo de profissional que depende da noite para se manter. Comigo é diferente porque sou professor, sou regente, sou técnico da UFPI, trabalho em produção de diversos arranjos em diversos CDs. Se fosse só a noite era complicado. Por isso é que incentivo os músicos a estudarem e não ficarem parados no tempo. Todos os cursos de aperfeiçoamento que surgem, eu faço. Agora mesmo fiz um sem sair de casa, sobre como compor música no computador.

Aurélio melo ensaiando o coral Nossa Imagem
Site Medplan- Você se diverte trabalhando?

Aurélio Mello- Essa é uma das vantagens de trabalhar com música, porque mexe com a emoção e isso recompensa. Sou considerado uma pessoa de astral legal, devo isso à música...(risos)..Mas, na realidade me considero uma pessoa meio antipática, porque gosto da perfeição, sou birrento e cobro...

Site Medplan- Qual a maior emoção profissional?

Aurélio Mello- É a música mesmo. O fato de você estar transferindo para o povo algo que foi elaborado em um ano ou dois de trabalho, e ao me encontrar na frente da multidão sentir sua emoção é algo muito recompensador, porque aquela emoção contagia a gente. 

Site Medplan- Há quanto tempo você ensaia o coral do Medplan? É um coral que tem futuro?

Aurélio Mello- Tem dois anos. É um coral diferente dos outros com os quais trabalho. Não é um coral profissional. Ele funciona como uma terapia e motivação para essas pessoas que participam. Serve de motivação para o trabalho e para a auto-estima. Quando se apresentam para a empresa se sentem recompensados e também contribuem para a efervescência cultural da empresa.

Site Medplan- Li, em um livro de um mestre da comunicação empresarial no Brasil, que corais em empresa só servem para faltas no trabalho e outras confusões. Você concorda com isso?

Aurélio Mello- De jeito nenhum. Esses corais são ensaiados em horários fora do expediente e não funcionam como corais profissionais. Não podemos punir os integrantes faltosos ao ensaio. Antes me estressava, mas depois vi que não era por aí. Aprendi a ver o outro lado, vi que não podia cobrar deles como profissionais da música. O coral do Sebrae de Teresina, por exemplo, foi o primeiro que fundei em empresas e ele já existe há a sete anos, com muitas evoluções.

Site Medplan- Além da música, quais são suas paixões ?

Aurélio Melo- A paixão é mesmo a música. Gosto da dança também porque faz um belo casamento com a música. Sou um grande consumidor de cinema também, mas tire a música da composição de uma cena para ver se tem emoção !(risos).

Site Medplan- Gosta de atividade física?

Aurélio Mello- Sim. Faço caminhada todo dia.

Site Medplan- Em sua opinião, qual o lugar mais musical em Teresina?

Aurélio Mello- Toda a cidade

Uma Trilha sonora?

1.492, Conquista do Paraíso e o da Noviça Rebelde.

Um instrumento?

Violoncelo

Um ícone?

Chico Buarque

Um desejo?

Paz

Uma Realização?

Que Teresina tenha cheiro de 1º mundo

Próxima nota musical em sua vida?

Ensinar tudo que sei

 

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*