MedZap
(86) 3131-1234
***

NOTíCIAS

Urologista fala sobre o uso da ressonância magnética multiparamétrica no câncer de próstata

A urologista da Med Imagem, Dra. Marília Buenos Aires (CRM PI 5831) explica, em entrevista ao portal Med Imagem, os benefícios da utilização do aparelho

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 11 de setembro de 2017

Referência em medicina diagnóstica, a Med Imagem disponibiliza da mais alta tecnologia em exames por imagem para médicos e clientes, garantindo a precisão necessária nos resultados. 

A ressonância magnética multiparamétrica da próstata é vista pelos médicos como o melhor exame de imagem de alta definição que auxilia o urologista a detectar com mais facilidade e clareza lesões clinicamente significativas na próstata. 

A urologista da Med Imagem, Dra. Marília Buenos Aires (CRM PI 5831) explica, em entrevista ao portal Med Imagem, os benefícios do aparelho. “É um exame excelente, que utiliza um alto campo magnético, não há a necessidade da radiação ionizada e, na grande maioria dos casos, não gera desconforto ao paciente”, destaca.

image
A urologista Dra. Marília Buenos Aires explica detalhes sobre o exame

A especialista explica que essa tecnologia é recomendada para avaliar o estadiamento do câncer de próstata logo após o diagnóstico, ou seja, determinar a extensão da doença no órgão do paciente e, desta forma, facilitar a indicação do tratamento oncológico. É também recomendado para pacientes com suspeita da neoplasia maligna, em que o exame da biópsia feito em ultrassom não consegue identificar e mapear os tumores por conta da localização.

O exame da ressonância multiparamétrica é realizado em um aparelho semelhante ao de tomografia e demora em torno de 40 a 60 minutos, pois envolve três fases. Para a análise, é necessário que o exame seja interpretado por um radiologista experiente em câncer próstata.

Dra. Marília Buenos Aires participou recentemente do Programa Fellowship A.C. Camargo, do renomado Hospital A.C. Camargo Cancer Center, em São Paulo (SP). Ela passou um ano no setor de uro-oncologia, adquirindo experiências na área de cirurgia laparoscópica e robótica no câncer urológico.

A.R

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*