MedZap
(86) 3131-1234

NOTíCIAS

7 situações que podem causar ansiedade - e como lidar com cada uma delas

Apegar-se a pensamentos negativos e ser sedentário são fatores que podem prejudicar o controle da ansiedade

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 09 de março de 2018

É normal sentir-se ansioso em alguns momentos da vida, como ao enfrentar situações desafiadoras no trabalho ou nos estudos e ao ter que tomar decisões difíceis no dia a dia. Mas, se a ansiedade for excessiva, pode se tratar de um distúrbio e precisa de acompanhamento médico.

Os distúrbios de ansiedade são caracterizados por diversos fatores, como preocupação e medo extremos em situações simples da rotina, problemas de concentração, irritabilidade, ataques de pânico e por alguns sintomas físicos, como dor ou aperto no peito, boca seca, suor nas mãos, dor de barriga, respiração ofegante e falta de ar. Isso tudo atrapalha as atividades da pessoa, por serem, às vezes, sinais difíceis de controlar.

As preocupações que ocorrem em casos de ansiedade e de seus transtornos podem não desaparecer por conta própria, por isso é fundamental pedir ajuda a um médico. A boa notícia é que os distúrbios de ansiedade podem ser tratados. O ideal é procurar ajuda a partir do momento em que o sentimento interfira negativamente na sua qualidade de vida. Os profissionais mais indicados para diagnosticar e direcionar o tratamento da ansiedade são o psicólogo e o psiquiatra.

Além da ajuda médica, identificar situações que causem ansiedade e aprender a lidar com elas já ajuda (e muito) na sua qualidade de vida. Destacamos, a seguir, algumas situações que podem contribuir para aumentar a ansiedade no dia a dia e como agir frente a elas:

Apegar-se a pensamentos negativos com frequência


Pensamentos negativos ou mesmo catastróficos mesmo só pioram o quadro de ansiedade, especialmente em situações que se estendam por longos períodos. Tente entender a gravidade real da situação, questione-se internamente se você não está superestimando seu grau de responsabilidade sobre os fatos ou subestimando o controle que consegue ter. Analise formas alternativas de abordagem da questão. E condicione-se: sempre que um pensamento negativo se iniciar, substitua-o por um pensamento mais agradável e positivo.

 

Isolar-se de quem você ama

 

A companhia de familiares, amigos e conhecidos com quem se tenha afinidade melhora o estado emocional. Quem está bem vive mais relaxado e fica menos ansioso.

 

Pensar demais no futuro ou no passado

 

O foco deve ser o presente: quando sua mente está dedicada ao momento atual, sua capacidade de análise, julgamento e ação é total. Essa, portanto, é uma boa forma de controlar a ansiedade. Se seus pensamentos ficam vagando aleatoriamente entre o passado e o futuro, sem direcionamento para o planejamento, um quadro de ansiedade pode se iniciar ou piorar.

 

Deixar a autoestima de lado

 

Quem se conhece bem, se ama e se aceita sabe respeitar os limites, consegue dizer não, pensa e fala com mais força, é mais confiante. Tudo isso leva a uma vida com menos ansiedade, pois há segurança para agir em alinhamento com as próprias necessidades.

 

Ser sedentário

 

Ficar afastado de atividades físicas dá ainda mais força à ansiedade. Por isso, uma das formas mais comuns de controlá-la é aderindo à prática de exercícios. Eles ajudam a lidar com estados de ansiedade por elevarem a produção de serotonina, substância de nosso organismo que aumenta a sensação de prazer. Caminhar é um passo importante para mandar a ansiedade embora.

 

Manter a cabeça a mil na hora de dormir

 

Tentar reformular a vida antes de dormir gera ansiedade e, consequentemente, perda de sono. Nos momentos que antecedem a ida para a cama, evite atividades e conversas que levem à agitação, à preocupação e ao desgaste. O momento é de relaxamento, então coloque um freio nos pensamentos de tomada de decisão.

Fonte: Minha Vida
Edição: A.N.

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*