(86) 3131-1234

MINHA HISTóRIA

Juliana Bruna: trajetória de ascensão profissional

Ela ingressou no Grupo Med Imagem como recepcionista e hoje é responsável pelo serviço de enfermagem do centro cirúrgico do Prontomed.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 13 de abril de 2011

Quando Juliana Bruna Moreira ingressou no Grupo Med Imagem, no ano de 2006, ela tinha 17 anos e não imaginava chegar tão longe. Recém aprovada no vestibular para o curso de Educação Física na Universidade Federal do Piauí, sua intenção era apenas se ocupar enquanto suas aulas não haviam começado e ganhar o próprio dinheiro. Para isso, candidatou-se a uma vaga de recepcionista.

Após cinco etapas de seleção, Juliana passou a trabalhar na recepção do 2º andar da Med Imagem, onde não permaneceu por muito tempo. Logo foi transferida para a recepção do Hospital Prontomed Adulto, local que possibilitou uma mudança de rumo em sua carreira profissional. ?Trabalhando no Prontomed, comecei a me interessar pela enfermagem. Com a influência de colegas e amigos próximos, decidi fazer?, relembra Juliana, que abandonou o curso de Educação Física para cursar Enfermagem.

Com o salário de recepcionista, Juliana financiou grande parte da graduação. Conciliar as aulas e o expediente no trabalho não era fácil, mas com a ajuda dos colegas de trabalho e de seu esforço pessoal, foi possível cumprir toda a carga teórica do curso. ?Era muito corrido. Eu trabalhava, tomava banho no próprio hospital e ia pra aula. Às vezes, nem dava tempo de tomar café da manhã?, conta. ?Meus colegas sempre me ajudavam a trocar os plantões quando tinha algum trabalho para fazer ou nos dias de prova ?, afirma.

Na fase prática do curso, já não era mais possível trabalhar como recepcionista. Mas nem por isso Juliana deixou o Prontomed. Ela saiu da função de recepcionista e foi readmitida como acadêmica de enfermagem, experiência que lhe permitiu conhecer ainda mais de perto a rotina da profissão. ?Aqui, passei por todos os setores que possuem o serviço de enfermagem. Desde os postos, até a UTI e centro cirúrgico?, explica. Para ajudar nas despesas da faculdade, a estudante recebeu o apoio da Fundação Humana. ?A Fundação fornecia uma bolsa que eu usava pra pagar as mensalidades. Foi uma ajuda imensa?, avalia.

Ingresso no Centro Cirúrgico

Dentre os diferentes setores pelos quais passou durante a fase acadêmica, o centro cirúrgico foi um dos mais interessantes para a futura enfermeira. Reconhecendo e apostando na competência e compromisso demonstrados no estágio, após a formatura de Juliana (ocorrida no final do ano passado), a administração a convidou para gerenciar o setor.  ?Quando me formei, fui convidada a assumir o serviço de enfermagem do centro cirúrgico do Prontomed, o que foi uma grande demonstração de confiança?, declara.

Juliana é responsável pelo centro cirúrgico do Prontomed
Juliana é responsável pelo centro cirúrgico do Prontomed
Gerenciar um centro cirúrgico requer conhecimento específico, agilidade e zelo. ?O trabalho do enfermeiro no centro cirúrgico é diferente, porque está voltado a atender às necessidades da equipe cirúrgica, sem deixar de lado o cuidado ao paciente durante todo o período perioperatório?, explica.

Com uma rotina intensa de trabalho, o centro cirúrgico do Prontomed chega a realizar 30 cirurgias diárias, o que requer de toda a equipe planejamento e organização.

Planos e perspectivas

Apesar da pouca idade ? 22 anos -, Juliana tambem já trabalha na UTI do Prontomed, cursa especialização em Terapia Intensiva e almeja ampliar mais ainda os conhecimentos. A ideia é poder produzir conhecimento científico na área de enfermagem para repassá-los a outras pessoas. ?Pretendo fazer mestrado e doutorado para dar aulas?, antecipa a enfermeira.

Para ela, a melhor parte do trabalho é perceber os bons resultados do esforço empregado. ?No centro cirúrgico, o melhor é ver a equipe cirúrgica satisfeita com o sucesso do procedimento. E na UTI, é ver que a terapêutica que está sendo utilizada está fazendo o paciente evoluir bem?, compara.

Como toda jovem, o tempo livre é pra descanso e diversão. ?Eu adoro ficar em casa com a familia, mas de vez em quando gosto de sair pra dançar?, conta a enfermeira.

Para se destacar na profissão escolhida, a dica de Juliana é simples. "O grande diferencial na minha formação foi a oportunidade de realização do estágio extra curricular, que permitiu maior contato com a realidade profissional . Durante a graduação, mesmo a parte prática do curso é muito visual, você muitas vezes, apenas assiste alguém realizar aquele procedimento e não o faz", explica. "Com o estágio extra, você aprimora seus conhecimentos e sai habilitado para enfrentar o mercado de trabalho", finaliza.

A.N.
13/04/2011
 

 

Comentários

Ana Rosa

17 de novembro de 2016

Linda historia moça,serve de inspiração para quem sonha alto..
espero que um dia possamos ser colegas de trabalho .rsrs

Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*